segunda-feira, 8 de março de 2010

Rainha Mahamaya

Hoje, Dia Internacional da Mulher, queremos homenagear a mãe de Sidarta Gautama, o Buddha, Rainha Mahamaya.

Sidarta, quando reencarnou, no século VI antes de Cristo, já era um Espírito de muita Luz. Veio com a missão de transmitir o Darma, a Doutrina, o Ensinamento. Como diz o Hinduísmo clássico, Sidarta era e é um Avatar, uma Encarnação Divina.

Deste modo, os seres de Luz viram que a Rainha Mahamaya, que havia sido mãe de Gautama, em vidas anteriores, ajudando a preparar-lhe a missão búdica terrena, renasceu no referido século VI para dar a luz ao búdico bebê.

Nos dizem os seres de luz que Mahamaya é uma santa iluminada. Apenas deu a luz ao menino e, uma semana depois desencarnou. O menino foi criado pela irmã de Mahamaya que, mediante a tradição da época, casou com o pai.

Nossa gratidão e reverência, em nome de Kuan Yin, à Rainha Mahamaya. Que no plano espiritual onde ela se encontra, oriente, ajude os praticantes do Darma que seguem os ensinamentos de seu iluminado filho Sidarta.

Um comentário: